Desenvolvimento de materiais biocompatíveis e tecnologias em saúde (DBioTecS) | Universidade Feevale

Desenvolvimento de materiais biocompatíveis e tecnologias em saúde (DBioTecS)

O grupo foi criado em 2019 com o objetivo de desenvolver e caracterizar materiais biocomatíveis e desenvolver tecnologia para a aárea da saúde e outras áreas afins. O grupo possui produção própria e relevante, com trabalhos publicados em revistas internacionais de alto impacto (IF > 3,0).  Os integrantes do grupo dividem orientações e trabalham na ampliação de suas relações com outras instituições nacionais e internacionais. O grupo também promove eventos de extensão como o Workshop Sobre Preparação e Caracterização de Nanopartículas Poliméricas e Metálicas, ministrado no âmbito das atividades do III Congresso Internacional sobre Nanotecnologia & VI Simpósio sobre Nanobiotecnologia e suas Aplicações, que também conta com a participação do grupo na promoção do evento. Além disso, como resultado da relação entre os pesquisadores e destes com seus parceiros, o grupo possui propostas encaminhada à editais internacionais e nacionais. Atualmente o grupo busca espaço no Sistema Nacional de Laboratório de Naotecnologia (SisNano) e a proficiência junto ao Inmetro para técnicas relacionadas à anotecnologia.

Linhas de Pesquisa

  • Desenvolvimento e caracterização de materiais biocompatíveis 
  • Investigação do perfil citotóxico de materiais biocompatíveis

Líder do Grupo

Fernando Dal Pont Morisso

Projetos de Pesquisa em Andamento

Título do Projeto:
  • Grupo de pesquisa em Desenvolvimento de materiais biocompatíveis e tecnologias em saúde (DBioTecS)
Líder do Projeto:
  • Fernando Dal Pont Morisso

Pesquisadores

Alana Witt Hansen



Ana Luiza Ziulkoski

Karine Modolon Zepon



Luiz Alberto Kanis

CNPq

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) é uma agência do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) destinada ao fomento da pesquisa científica e tecnológica e à formação de recursos humanos para a pesquisa no país. Sua história está diretamente ligada ao desenvolvimento científico e tecnológico do Brasil contemporâneo.