Avaliação Institucional

A Avaliação Institucional é considerada um processo sistemático na promoção do autoconhecimento, bem como na busca de subsídios para a melhoria e o aperfeiçoamento da qualidade das ações institucionais. 
Com o desafio de coordenar, sistematizar e incorporar as dimensões sugeridas pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES, a Feevale instituiu a sua Comissão Própria de Avaliação (CPA).  
Desde a sua constituição, a CPA vem desenvolvendo ações de forma contínua, integrada, participativa, contribuindo para a definição de políticas e a construção de uma cultura de valorização dos resultados da avaliação como, pré-requisitos para o planejamento e o desenvolvimento da instituição, bem como a prestação de conta à sociedade, respeitando-se as especificidades. 
Como forma de socialização dos processos e resultados, apresentamos neste espaço um amplo material sobre o processo de avaliação institucional na Feevale: concepção, histórico, objetivos, dimensões, a proposta de avaliação, seus resultados por dimensão, resultados do ENADE, links sobre avaliação e notícias da CPA. Entendemos, assim, que estamos contribuindo para a socialização da avaliação e para o aperfeiçoamento da instituição, bem como para a melhoria da qualidade, acadêmica a partir da meta-avaliação.


Objetivos da Avaliação Institucional

  • Impulsionar mudanças no processo acadêmico de produção e disseminação de conhecimento;
  • Contribuir na formação de cidadãos e profissionais e no desenvolvimento de atividades de pesquisa e de extensão;
  • Evidenciar o compromisso da educação superior com a construção de uma sociedade mais justa e solidária e, portanto, mais democrática e menos excludente. 

Histórico

A Feevale integra, em conjunto com mais nove Instituições gaúchas, o Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas - COMUNG. Em 1993, esse consórcio articulou e produziu o Programa de Avaliação das Universidades do COMUNG – PAIUNG. Desde então, nesses anos de avaliação institucional, além do pionerismo, essas instituições acumularam uma significativa experiência e contribuíram, inclusive, para o sistema nacional de avaliação da educação superior.

Identificado com o PAIUNG, a Feevale criou e institucionalizou o seu Programa de Avaliação Institucional - PROIN, resultante da necessidade de implementação de uma prática avaliativa sistemática, própria para a Instituição. A partir de 2004, com a instituição do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES, por proposição do MEC - Ministério da Educação e Cultura, através da aprovação da Lei n.º 10.861/2004 pelo Congresso Nacional e sancionada pela Presidência da República, houve a necessidade das Instituições Superiores adaptarem-se a esse novo marco no processo de avaliação de uma Instituição de Ensino Superior no país. Cabe destacar que o SINAES não modificou apenas os processos internos da avaliação das instituições, mas reforçou sua importância, ou seja, um processo de autoavaliação.

Assim sendo, o Programa de Avaliação Institucional - PROIN da Feevale, desenvolvido desde 1995, passou por uma (re) construção necessária do seu processo de avaliação, com intuito de  aproximar-se das orientações e diretrizes emanadas pelo SINAES e CONAES. Dessa forma, instituiu-se a Comissão Própria de Avaliação - CPA, assim como a sua Proposta de Autoavaliação Institucional. 

A Proposta de Autoavaliação Institucional da Feevale foi elaborada, a partir das 10 dimensões propostas pelo SINAES: 

  • Dimensão 1 – Missão e Plano de Desenvolvimento Institucional;
  • Dimensão 2 – Políticas para o Ensino, a Pesquisa e a Extensão;
  • Dimensão 3 – Responsabilidade Social da Instituição;
  • Dimensão 4 – Comunicação com a Sociedade;
  • Dimensão 5 – Políticas de Pessoal;
  • Dimensão 6 – Organização e Gestão da Instituição;
  • Dimensão 7 – Infraestrutura;
  • Dimensão 8 – Planejamento e Avaliação;
  • Dimensão 9 – Política de Atendimento aos Discentes;
  • Dimensão 10 – Sustentabilidade Financeira.

A Feevale compreende essas dimensões, que abordam concepções, objetivos e planos de ação específicos com a finalidade de identificar os avanços e os desafios da Instituição. Mesmo que cada uma delas seja desenvolvida em situações e momentos distintos, fazendo uso de instrumentos próprios, busca-se sempre articulação entre as mesmas. Assim, a Proposta de Autoavaliação Institucional da Feevale está calcada no valor fundamental de conceber a Educação Superior como bem público, imprescindível para o desenvolvimento social e econômico da sociedade.

Legislação

Lei Nº 10861 - SINAES

Visualizar
Instituiu o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES e, entre outras providências, institui o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes – ENADE, como componente curricular obrigatório aos cursos de graduação.

Portaria Nº 2051 - Regulamentação SINAES

Visualizar
Regulamentou os procedimentos de avaliação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES.

Diretrizes para Avaliação das Instituições de Educação Superior

Visualizar

Orientações Gerais para o Roteiro de Auto-avaliação das Instituições

Visualizar
 
Atendimento Feevale Câmpus I De segunda a sexta-feira, das 7h15min às 22h15min. Câmpus II De segunda a sexta-feira, das 8h às 22h15min.
Aos sábados, das 8h às 12h
(51) 3586 8800 Núcleo de Relacionamento De segunda a sexta-feira, das 7h30min às 22h.
Aos sábados, das 8h30min às 13h45min.
(51) 3586 8822 falecomafeevale@feevale.br Retornaremos no prazo de 72 horas úteis. Contate-nos

Em caso de emergência ligue: (51) 99972 9643

Atendimento Feevale

Os atendimentos presenciais realizados no setor Atendimento Feevale de ambos os câmpus podem ser agendados.

Localização: Sala 207 – 2º andar
Horário: de segunda a sexta-feira, das 7h15min às 22h15min
Localização: Sala 101 – térreo do prédio Lilás
Segunda a sexta-feira, das 8h às 22h15min
Aos sábados, das 8h às 12h

Confira demais setores que possuem atendimento agendado.

Saiba mais