Universidade Feevale adota medidas para orientar sobre o coronavírus | Universidade Feevale

Universidade Feevale adota medidas para orientar sobre o coronavírus

03/03/2020 - Atualizado 23/03/2020 10h48min

Professor da Instituição, que também é presidente da Sociedade Brasileira de Virologia, dá dicas de prevenção

virologia

Em função da propagação do coronavírus e do aumento do número de casos suspeitos no Brasil, a Universidade Feevale está adotando algumas medidas no sentido de orientar funcionários, estudantes e comunidade. A Instituição irá lacrar, momentaneamente, os bebedouros e está disponibilizando álcool gel nos locais de grande circulação de pessoas.

Nesta sexta-feira, dia 6, também acontecerá a aula aberta Coronavírus SARS-CoV-2: situação atual e perspectivas, do Mestrado Acadêmico em Virologia da Instituição. A fim de esclarecer a comunidade sobre a situação atual, riscos e como proceder, o evento abordará, com base em dados científicos, a situação mundial e nacional do coronavírus, esclarecendo dúvidas e desfazendo mitos. A atividade, que é gratuita e aberta à comunidade, será realizada no Salão de Atos, no prédio Lilás, Câmpus II (ERS-239, 2755, Novo Hamburgo).

A palestra será ministrada pelo presidente da Sociedade Brasileira de Virologia e professor da Universidade, Fernando Rosado Spilki, que também dá, abaixo, algumas dicas de prevenção para reduzir o risco de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. É importante ressaltar que, caso a pessoa apresente a síndrome gripal, que é definida pelo surgimento simultâneo de febre de início súbito, tosse ou dor na garganta, cefaleia (dor de cabeça) ou mialgia (dor nos músculos) ou artralgia (dor nas articulações), esta deverá procurar um serviço de saúde imediatamente.

Confira algumas dicas de prevenção:

  • Lave as mãos frequentemente com água e sabão, por pelo menos 20 segundos; limpe a região entre os dedos, as palmas e as costas da mão, o pulso e antebraço.
  • O álcool gel é eficaz na prevenção do coronavírus; o produto funciona melhor quando aplicado sobre a mão limpa.
  • Evite visitas ou contato com pessoas que tenham suspeita ou sejam casos confirmados do coronavírus; permita que elas se restabeleçam da doença em repouso.
  • Fique atento aos sinais evidentes de coronavírus e outras doenças respiratórias, incluindo espirro, tosse e dificuldade de respirar, em você ou em pessoas próximas; se aparecerem sintomas, busque o serviço de saúde, não tente soluções caseiras.
  • Evite aglomerações e ambientes fechados em caso de surto.
  • Dê preferência a ambientes bem ventilados; opte pela ventilação natural ao ar-condicionado.
  • A máscara facial e outros equipamentos só são indicados para pessoas que precisam cuidar de indivíduos doentes.
  • Os profissionais de saúde devem utilizar máscaras adequadas, conforme recomendação do Ministério da Saúde, e outros equipamentos de proteção individual, como luvas e protetores oculares.
  • Se você for diagnosticado com coronavírus, deve seguir as orientações médicas; se não necessitar de hospitalização, deve permanecer em casa para evitar a infecção de mais pessoas.
  • Se precisar espirrar ou tossir, cubra a boca, preferencialmente com o cotovelo; se utilizar um lenço de papel, descarte no lixo de maneira adequada.
  • Evite tocar os olhos, a boca e o nariz.
  • Limpe objetos de uso pessoal e superfícies com frequência; mantenha os locais ventilados.
  • Não compartilhe alimentos e bebidas.
  • Não compartilhe utensílios de uso pessoal, especialmente talheres, pratos e bomba de chimarrão.