Trote Solidário iniciou parceria entre a Amo Criança e a Feevale | Universidade Feevale

Trote Solidário iniciou parceria entre a Amo Criança e a Feevale

25/03/2019 - Atualizado 12h51min
Trote Solidário

Estudantes de Odontologia realizaram atividade com as crianças da associação

No início do primeiro semestre, os estudantes do curso de Odontologia da Universidade Feevale realizam o Trote Solidário. Na manhã da última sexta-feira, dia 22, os acadêmicos, acompanhados pela coordenadora do curso, Annie Saccol, e pela professora, Rúbia da Rocha Vieira, fizeram pintura de rosto e desenhos, com direito a fantasias e músicas, nas crianças beneficiadas pela Associação de Assistência em Oncopediatria (Amo Criança).

De acordo com Annie, a iniciativa, que partiu dos estudantes, é o começo de uma parceria com a associação. “O encontro foi o ponto de partida para um vínculo. Estamos abraçando a Amo a partir de hoje e pretendemos planejar ações que proporcionarão atendimento clínico para essas crianças, que fazem parte dessa instituição tão importante”, disse a coordenadora. 

Segundo Rúbia, as crianças necessitam de tratamento odontológico, já que irão se submeter a tratamentos. “É importante que o cirurgião dentista realize acompanhamento antes, durante a terapia e até depois, porque existem muitas complicações devido a esses tratamentos. Queremos nos inserir e criar projetos para atender a essa demanda de paciente e auxiliar para que eles tenham uma melhor qualidade de vida”, explicou a professora.

Para a coordenadora da Amo, Caroline Fernanda da Silva, ter a Feevale presente na associação é essencial. “A parceria com a Universidade é de extrema importância para nós, pois consegue suprir demandas que necessitamos e possibilita que conheça o nosso trabalho também. Essa primeira intervenção será para orientar as nossas crianças; futuramente, serão as nossas famílias, e explicar sobre importância da odontologia. É isso que nós precisamos”, relatou.

O estudante Jeferson Cavalheiro acredita que os cursos deveriam ter a mesma experiência.  “Desde o momento em que ficamos sabendo que iríamos trabalhar com a Amo, a turma toda ficou fascinada porque é uma experiência que, não só o nosso curso, mas todo mundo deveria ter. São crianças maravilhosas e com certeza vai ser uma experiência única nas nossas vidas”, conta.

Segundo a acadêmica Caroline Kercher, os alunos pretendem adotar o Trote Solidário até o último semestre. “A ação é algo que queremos abraçar desde o primeiro até o último semestre. Queremos estar junto de crianças carentes, dentro dos postos de saúde. Queremos ver essa realidade, porque não é a mesma das nossas famílias e todo mundo precisa de ajuda e de acolhimento”, expõe.

Confira as fotos:

Trote Solidário do curso de Odontologia