Projeto social da Feevale realiza ação de cultivo de plantas com escolas de Novo Hamburgo | Universidade Feevale

Projeto social da Feevale realiza ação de cultivo de plantas com escolas de Novo Hamburgo

09/10/2020 - Atualizado 26/11/2020 15h06min

cidade viva

Ação Plantando acontece neste semestre, com alunos e comunidade escolar

Durante o segundo semestre deste ano, o projeto social Cidade Viva: intervenção urbana como ato comunicacional, da Universidade Feevale, em parceria com o Programa Educação Ambiental na Bacia do Sinos da Instituição, desenvolverá a Ação Plantando. A iniciativa será realizada com alunos e comunidade escolar das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEF) Monteiro Lobato e Presidente Prudente de Moraes, localizadas no bairro São Jorge, em Novo Hamburgo.

A proposta consiste em incentivar professores, pais e alunos das escolas a fazerem o plantio e o cultivo de mudas em suas próprias residências. Para isso, será disponibilizado, no Facebook das EMEFs, o passo a passo e dicas com os cuidados necessários para se ter com as plantas. Em um segundo momento, com a autorização por parte dos órgãos competentes para a retomada do ano letivo presencial da rede municipal de educação de Novo Hamburgo, as plantas cultivadas individualmente serão transplantadas para um canteiro coletivo, no bairro onde ficam situadas as escolas.

Esta ação é muito simbólica na medida em que, primeiramente, cuidaremos de uma pequena vida (a planta), dentro de nossos lares e de modo individual, para que ela se desenvolva e se fortaleça. Quando o isolamento terminar ou flexibilizar, voltaremos à vida em comunidade e reuniremos essas plantas em um canteiro coletivo", explica a líder do projeto Cidade Viva, professora Carolina Rigo.

A Ação Plantando integra um conjunto de atividades remotas que a equipe do projeto vem realizando desde o mês de março, por conta da pandemia de Covid-19 e seguindo as orientações de distanciamento social.

Sobre o projeto

O projeto Cidade Viva: intervenção urbana como ato comunicacional, a cada semestre, atende a duas escolas da rede municipal de educação de Novo Hamburgo. O objetivo principal é potencializar o vínculo dos estudantes com a cidade e bairro onde moram, a partir da intervenção em espaços públicos e um maior acesso à produção artística local. Para saber mais, basta acessar as redes sociais do projeto: