Estudantes apresentam protótipos no Startup Teens | Universidade Feevale

Estudantes apresentam protótipos no Startup Teens

16/11/2020 - Atualizado 17/11/2020 11h36min

Adolescentes da Escola de Aplicação Feevale desenvolveram o seu negócio em 45 dias

Eduarda

Quanto tempo você levaria para transformar uma ideia em um negócio? Esse foi o desafio que os estudantes da 2ª etapa do 4º ciclo da Escola de Aplicação Feevale tiveram que resolver nos últimos 45 dias. Nesse período em que ocorreu a edição on-line do programa Startup Teens, cerca de 60 adolescentes, divididos em 10 grupos, desenvolveram o protótipo e o planejamento comercial do seu empreendimento. No último sábado, 14, durante o pitch final, os participantes apresentaram as suas propostas a uma banca avaliadora, que escolheu os três melhores trabalhos do evento. Em primeiro lugar ficou o Gaia, um xampu artesanal que não agride o couro cabeludo, em segundo o Roupas térmicas para pets e, em terceiro, o Areteu, uma plataforma digital de ajuda psicológica.

Conforme a estudante Eduarda Hörlle Farias (foto acima), a experiência real no mundo empreendedorismo surgiu a partir de um estudo sobre cosméticos naturais, realizado para a Feira de Iniciação à Pesquisa (FIP) da Universidade Feevale. Na ocasião, ela e a colega Betina Pacheco ganharam menção honrosa pelo trabalho e já pensaram em produzir algo sobre a temática. A oportunidade que faltava chegou com a realização do programa. Então, a dupla se juntou com outros dois colegas, Camila Scherer Paludo e João Pedro Sebolewski Siqueira, e, através de novas pesquisas sobre o mercado de produtos naturais, desenvolveram o xampu.

O Gaia foi elaborado artesanalmente em formato de barra, com componentes naturais como óleos e manteigas, que são menos nocivos à saúde e que também diminuem o uso excessivo de derivados de petróleo nos produtos de beleza.

Pensamos nele para que o produto “derreta” ao ser utilizado. O Gaia tem uma composição diferente para cada tipo de cabelo. As essências variam, mas todos mantêm o cheiro na lavagem e na pós-lavagem do cabelo”, destaca Eduarda.

Ainda segundo a estudante, o xampu se diferencia também pela forma pela qual será comercializado. “Oferecemos uma assinatura mensal, onde o cliente recebe o produto em casa, uma vez por mês. O nosso pack possui mais quantidade do que a dos concorrentes, sendo divido em seis partes, ou seja, o cliente compra 300g de xampu, mas usa somente 50g de cada vez”, explica.

Betina e João

De acordo com a diretora da Escola de Aplicação Feevale, Janine Vieira, a edição on-line do Startup Teens transformou todos os participantes.“Essa experiência para os estudantes que estão finalizando o ensino fundamental foi muito relevante. Durante todo o processo percebemos que eles se empenharam e nos surpreendemos com a sua evolução, crescimento e a maturidade com a qual apresentaram as suas propostas”, ressalta. “A participação familiar foi fundamental para o sucesso desta edição. Temos certeza de que os nossos estudantes vão levar com carinho esse desafio e de que as ferramentas aprendidas certamente serão usadas no decorrer de suas vidas”, afirma.

Para o engenheiro e empresário Mário Roberto Farias, pai da estudante Eduarda, o Startup Teens possibilita aos estudantes um aprendizado para além da vida estudantil, onde estão expostos às dificuldades do empreendedorismo e contam com a orientação de professores, mentores e profissionais da área.

As premiações estimulam a competitividade sadia, fazendo com que os estudantes busquem o melhor resultado, explorando seus potenciais, como ocorre no mundo empresarial. Acredito que a principal lição que eles levaram consigo é que todo problema tem uma solução, só depende de as pessoas quererem resolvê-lo”, enfatiza.

A diretora de Inovação da Universidade Feevale, Daiana de Leonço Monzon, destaca que essa edição do programa teve como foco o olhar dos adolescentes para a comunidade que está à sua volta, onde cada um dos projetos teve o objetivo de solucionar um problema que ele, um familiar ou um amigo já teve. “Isso é empatia é olhar para o outro e entender a dor do outro e trazer uma solução para sanar a sua dor”, diz. Ela também ressalta que todos os participantes deram um show de empreendedorismo. "Eles começaram de um jeito e terminaram de outro, muito mais fortes para superar os desafios que surgirem no seu dia a dia, porque não preparamos eles para empreenderem o seu negócio, mas para empreenderem na sua vida”, finaliza.

Como premiação, os empreendedores do Gaia, por terem sido escolhidos como vencedores, ganharam passaporte para o Pílulas de Inovação de 2021, mentoria do Feevale Techpark e serão mentores do Startup Teens 2021. Já o Roupas térmicas para pets levou, pela segunda colocação, passaporte para o Pílulas da Inovação de 2021 e mentorias do Feevale Techpark. Já o Areteu terá, pela terceira colocação, participação no Pílulas da Inovação.

Saiba mais sobre os trabalhos apresentados:

Gaia (1º lugar): xampu em barra, sustentável e voltado aos cuidados com a saúde do usuário, diminuindo, assim, o uso excessivo de derivados de petróleo nos produtos de beleza e em suas embalagens.

Roupas térmicas para pets (2º lugar): as roupas térmicas personalizadas têm o intuito de proporcionar uma vida melhor aos animais e evitar problemas de saúde ocasionados, principalmente, pelas baixas temperaturas.

Areteu (3º lugar): plataforma que ajuda as pessoas que sofrem com algum tipo de transtorno de humor a se conectarem a profissionais e a terem acesso a conteúdos exclusivos, pagamentos mais viáveis e outros benefícios.

Ecowear: ecobags personalizadas que têm o objetivo de melhorar o planeta, diminuindo o uso de sacolas plásticas. O próprio usuário usa a criatividade para tornar o produto único.

Draw and up: site criado para facilitar a divulgação e a venda de desenhos de artistas, de modo que eles consigam se organizar e vender seus produtos.

Girls soccer: escolinha de futebol para meninas. Para as que são de famílias com renda mais elevada há mensalidades, enquanto que para as de famílias de baixa renda são disponibilizadas bolsas.

Aceito-me: plataforma voltada às pessoas que sofrem ao tentar se encaixar nos padrões de beleza ditos pela sociedade. Além de uma página com vídeos, frases motivacionais, relatos reais e falas de psicólogos e outros profissionais, a ideia é criar um e-book sobre o tema.

Ecotivo: a ideia é diminuir o uso de sacolas plásticas, trocando o material por algo mais sustentável. O protótipo é feito com batatas.

Fogão com timer: tem como objetivo diminuir o vazamento de gás, o desperdício de alimentos, incêndios e queimaduras. O produto conta com sugestões de preparos, tela touch, botões que acionam as bocas do fogão e um armário de sensor.

Brinquedos para crianças com deficiência visual: devido aos poucos produtos para essas crianças, a ideia é criar brinquedos, iniciando com a comercialização do alfabeto em braile a partir de materiais recicláveis e duráveis.