Doutorando da Feevale realiza projeto A Quebrada contra o Vírus | Universidade Feevale

Doutorando da Feevale realiza projeto A Quebrada contra o Vírus

24/07/2020 - Atualizado 17h07min

Iniciativa visa auxiliar a comunidade do bairro Beltrão de Queiroz, de Caxias do Sul, no combate à pandemia

quebrada

Com o isolamento social, devido à pandemia do coronavírus, alguns projetos sociais realizados na comunidade do bairro Beltrão de Queiroz, localizado na zona oeste da cidade de Caxias do Sul, tiveram que ser suspensos. Para continuar auxiliando os cidadãos, o doutorando em Diversidade Cultural e Inclusão Social da Universidade Feevale, Jankiel Francisco Claudio (conhecido como Chiquinho Divilas), realiza diversas ações para auxiliar a comunidade no combate à Covid-19.

Eu tenho como função promover a cidadania na minha comunidade e, juntamente com as lideranças do bairro, provocar impactos mobilizadores referentes à pandemia. Nossas ações construíram muitas pontes, quebrando os muros do preconceito historicamente existentes, buscando recursos para os moradores que já viviam em situação de vulnerabilidade, antes mesmo do isolamento social”, afirma Divilas.

Mais de 90 famílias foram impactadas com o fechamento da Cozinha Comunitária e do Centro Cultural da comunidade, ficando sem as refeições diárias.

Não bastasse a dificuldade para se alimentar, o índice elevado de desemprego aumentou consideravelmente. Foi aí que organizamos nossa equipe e começamos a consolidar essas pontes. Fizemos parcerias com empresas vizinhas da comunidade, além da Fundação Marcopolo e pessoas vinculadas ao setor de cultura”, completa Chiquinho.

Cerca de 20 pessoas trabalham buscando doações, organizando a entrega dos mantimentos sem causar aglomeração e preparando marmitas para o almoço e a janta.

Atualmente, 90 marmitas são entregues por dia, de forma controlada e com os cuidados necessários. “Foram toneladas de alimentos recebidos por doações corporativas e, também, pela sociedade civil”, destaca o doutorando.

Divilas é presidente do projeto Ampliando Horizontes, que atende 90 crianças e adolescentes no turno contrário da escola. Neste momento, a comunicação acontece através das redes sociais, com orientações pedagógicas e dicas sobre prevenção ao coronavírus. A equipe é composta por educadores, uma psicóloga e uma assistente social, que acompanham as famílias das crianças que são atendidas pelo projeto.

Além disso, Divilas desenvolveu um rap/funk virtual para que as crianças pudessem cantar e fazer rimas junto com ele.

Eu utilizei a mesma metodologia aplicada na minha dissertação de mestrado, quando realizei a oficina de rima com a matéria escolar”, conta. Ele diz que a orientação e o suporte da Feevale lhe deram uma importante bagagem para seguir atuando e expandindo novos horizontes. “Um selinho de qualidade no trabalho comunitário, cultural e social. Do empírico ao acadêmico, oferecendo concretude às argumentações”, finaliza o doutorando.

 

Atendimento Feevale

Câmpus I

De segunda a sexta-feira, das 7h15min às 22h15min.

Câmpus II

De segunda a sexta-feira, das 8h às 22h15min.
Aos sábados, das 8h às 12h.

Câmpus III

De segunda a sexta-feira, das 9h15min às 11h30min e das 12h30min às 18h.

Retornaremos o seu contato no prazo máximo de 72 horas úteis, a contar do momento de conhecimento do contato, podendo este ser ampliado em situações mais complexas.

Atendimento Feevale

Os atendimentos presenciais realizados no setor Atendimento Feevale de ambos os câmpus podem ser agendados.

Localização: sala 207 – 2º andar
Horário: de segunda a sexta-feira, das 7h15min às 22h15min.
Localização: sala 101 – térreo do prédio Lilás.
Segunda a sexta-feira, das 8h às 22h15min.
Aos sábados, das 8h às 12h.
Localização: sala 003 - pavimento 0 do prédio Sede.
Segunda a sexta-feira, das 9h15min às 11h30min e das 12h30min às 18h.
Verifique os demais setores que disponibilizam o atendimento agendado.