Acadêmicos da Feevale atuam em diversas frentes no combate à Covid-19 | Universidade Feevale

Acadêmicos da Feevale atuam em diversas frentes no combate à Covid-19

Seja em estágio curricular, seja em voluntariado, estudantes participam das ações da Universidade

09/04/2020 - Atualizado 13/04/2020 20h59min

Alunos laboratório

Voluntários no Laboratório de Microbiologia Molecular no trabalho de diagnóstico de Coronavírus SARS-CoV-2. Foto: Alana Hansen

Durante a pandemia de Coronavírus, a Universidade Feevale vem organizando diversas ações para auxiliar a comunidade. Foi a primeira instituição do Rio Grande do Sul a iniciar as tratativas para realização dos exames de diagnóstico do novo Coronavírus SARS-CoV-2 em parceria com os municípios da região. Também está engajada em uma série de atividades de solidariedade à comunidade, entre as quais, a produção de materiais para profissionais da saúde, como protetores faciais (face shields), EPIs e roupas de cama para doar a hospitais da região, bem como o auxílio na campanha de vacinação contra a gripe em Novo Hamburgo e o monitoramento, por telefone, de pacientes do município que estejam com sintomas gripais.

Em todo este trabalho, a participação dos acadêmicos que estão atuando nessas ações tem sido essencial. Atualmente, na frente de combate à Covid-19, a Feevale conta com a atuação de estudantes, tanto dentro como fora da Universidade, de graduação e pós-graduação de áreas tão diversas quanto virologia, enfermagem, fisioterapia, design, tecnologia da informação, engenharia e moda, por exemplo. Estes alunos, além de poderem utilizar o trabalho como horas complementares ou estágios curriculares, estão ajudando a comunidade.

Ana Karolina Antunes Eisen, biomédica e acadêmica do mestrado em Virologia, está auxiliando nas análises laboratoriais do novo Coronavírus SARS-CoV-2, realizadas no Laboratório de Microbiologia Molecular da Instituição. Ela acredita que esse trabalho vai agradar com sua formação de virologista, além de prepará-la para desafios futuros. “Fiquei muito feliz de ter sido incluída na equipe e por poder ajudar nessa demanda da sociedade, utilizando o conhecimento e a prática que eu tenho nesse tipo de análise. Por ser bolsista Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), me sinto, também, na responsabilidade de ajudar com o máximo que eu puder”, afirma. Larissa Mallman, estudante do último semestre do curso de Biomedicina, crê que é muito gratificante poder participar e contribuir voluntariamente nesse momento tão difícil para todos. “Auxiliar com os diagnósticos é uma ótima experiência que eu vou ter antes mesmo de me formar”, pontua.

Atuante na ação de produção de kits de equipamentos de proteção individual para profissionais da saúde e lençóis para hospitais, a acadêmica do oitavo semestre do curso de Moda, Katia Cristina Kayser de Oliveira, sempre trabalhou como voluntária em diversas entidades sociais. “E, agora, poder contribuir com um pouco do meu tempo para uma causa tão importante que, de uma forma ou outra parou e envolveu todo mundo, traz à tona a importância de ajudar no coletivo, em benefício de todos, sem distinção de cor, religião ou gênero”, explica.

Toda essa participação nas diversas ações de combate à Covid-19 nos laboratórios da Instituição, e também fora dela, é extremamente importante e empolgante, na opinião do reitor da Feevale, Cleber Prodanov. “É uma oportunidade de que os acadêmicos possam participar de ações, mas esse engajamento tem se dado de uma maneira muito positiva e voluntária A presença do acadêmico é fundamental, e é isso que queremos dizer quando falamos que existe um DNA na Universidade, que é o DNA do comprometimento, da ação comunitária, da solidariedade. Acho que esse é um grande ganho da Universidade, afinal de contas, o aluno é a nossa razão de ser e de existir, ele é o foco do nosso trabalho”, afirma.