Pesquisador fala sobre empatia e humanização para professores de Novo Hamburgo | Universidade Feevale

Pesquisador fala sobre empatia e humanização para professores de Novo Hamburgo

22/05/2020 - Atualizado 15h30min

pesquisador

Assunto foi tratado em live para profissionais da rede municipal de ensino

Por meio do grupo de pesquisa Criança na Mídia, a Universidade Feevale, em parceria com a Secretaria de Educação de Novo Hamburgo (SMED), realizou na quarta-feira, 20, uma live para professores da rede municipal de ensino. Transmitida pelo canal da SMED no YouTube, a atividade contou com a participação de cerca de 1.500 profissionais da educação, que assistiram às reflexões sobre empatia e humanização.

O convidado foi o jornalista, pesquisador e professor em estágio pós-doutoral no Programa de Pós-graduação em Processos e Manifestações Culturais da Instituição, Fernando Antunes. Durante a sua fala, ele, que estuda os efeitos da comunicação em rede nos mecanismos emocionais e empáticos do ser humano, ressaltou que a

empatia é uma ressonância emocional com o outro e está intimamente ligada à espécie humana. Vivemos em sociedade porque somos extremamente empáticos. Entretanto, nossa construção social nos dessensibiliza em alguns pontos".

O seminário on-line integra as ações de Reflexões e aproximações em tempos de quarentena, iniciativa da SMED para a formação continuada de professores durante o distanciamento social. Segundo a secretária de Educação do município, Maristela Guasselli, é extremamente importante o trabalho dos educadores neste momento em que as ações de combate ao novo coronavírus alteram rotinas e afetam as relações sociais. "É tempo de fortalecer nossos laços entre professores, alunos e famílias para o enfrentamento desta crise de impactos mundiais. Temos o compromisso, o desafio e o dever de criar estratégias viáveis para atravessar este período", afirmou.