Resultado do edital FAC Digital RS será divulgado nesta terça-feira | Universidade Feevale

Resultado do edital FAC Digital RS será divulgado nesta terça-feira

30/06/2020 - Atualizado 17h19min

Serão contemplados 1.940 projetos, no valor de R$ 1,5 mil cada

fac

Esta terça-feira, 30, começou com reunião on-line dos integrantes das comissões Julgadora e de Admissibilidade e Seleção do Edital FAC Digital RS – uma parceria da Secretaria de Estado da Cultura (Sedac) com a Universidade Feevale.

Compõem a comissão Julgadora do edital 12 pessoas. Quatro indicadas pela Sedac; quatro pelo Conselho Estadual de Cultura (CEC); e outras quatro pelo Conselho dos Dirigentes Municipais de Cultura (Codic) – entidade vinculada à Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs). A comissão de Admissibilidade e Seleção é composta por quatro docentes da Feevale. E foi esta comissão que submeteu a classificação para deliberação e ratificação da Comissão Julgadora do edital, responsável por verificar a conformidade do processo e autorizar a publicação do resultado, com a relação dos projetos contemplados, suplentes e desclassificados. O resultado do edital será divulgado até o fim da tarde desta terça-feira, 30, nos sites www.feevale.br/facdigitalrs e www.procultura.rs.gov.br – e replicado nas redes sociais da Sedac.

O edital FAC Digital é inovador em diversos aspectos. “Um deles é com relação à tramitação, com prazos e processos simplificados de apresentação de resultados”, observa o diretor de Fomento da Sedac, Rafael Balle, que complementa: “tramitação que está permitindo, em tempo recorde, anunciar o resultado. Destacamos, ainda, a quantidade de trabalhos e a visibilidade para todos os setores culturais. Além disso, o edital assegura cem vagas para cada um dos setores, e traz o desafio de identificação e enquadramento das atividades culturais. Além disso, o edital assegura cem vagas para cada um dos setores, e traz o desafio de identificação e enquadramento das atividades culturais”. Ainda segundo Balle, o FAC Digital é um dos maiores e mais abrangentes editais lançados no país, em termos de alcance e investimentos, e o modelo do edital lançado traz o fator de ineditismo para o Rio Grande do Sul.

A secretária da Cultura, Beatriz Araujo, lembra que “a possibilidade de criação é extensa, o que permite explorar métodos de produção, circulação e fruição de atividades culturais em ambiente virtual. Por isso, é um desafio para a Secretaria da Cultura, enquanto gestora do edital, mas, especialmente, um desafio para os trabalhadores da cultura, que foram atendidos de forma isonômica. Tanto os trabalhadores formais quanto os informais concorreram da mesma forma neste edital.”

Para Daiana de Leonço Monzon, diretora de Inovação da Universidade Feevale, “o edital é de grande importância, pois representa uma oportunidade de trabalho para pessoas ligadas à cultura no nosso Estado e um incremento à indústria criativa. A parceria com a Sedac possibilitará renda e geração de conteúdo digital nesses tempos de pandemia, impulsionando o desenvolvimento local e conectando as pessoas que estão em distanciamento social.”

live

Recurso
Cabe ainda recurso, de três dias, conforme previsto no edital. Se algum inscrito julgar necessário a solicitação de recurso, deve enviar e-mail para facdigitalrs@feevale.br, com o assunto “solicitação de recurso” e, no campo do e-mail, a justificativa para tal análise.

Nesta quarta-feira, 1º, às 15h, será realizada live no Instagram do Feevale Techpark (@feevaletechpark), com a participação do diretor de Fomento da Sedac, Rafael Balle, e do professor Cristiano Max. A agenda virtual servirá para esclarecer dúvidas quanto aos critérios de seleção e solicitação de recurso.

FAC Digital RS
Lançado pela Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com o Pró-Cultura RS/FAC (Fundo de Apoio à Cultura) e a Universidade Feevale, por meio do Feevale Techpark, o edital tem como objetivo gerar oportunidade de trabalho para artistas, técnicos, produtores e fazedores de cultura, estimulando processos criativos e inovadores para conectar as pessoas em ambiente virtual durante o período de distanciamento social.

As propostas admitidas foram selecionadas por ordem de inscrição. Os projetos precisam atender às medidas de prevenção à Covid-19 recomendadas pela Organização Mundial da Saúde e pelo Ministério da Saúde, especialmente no que se refere à impossibilidade de aglomeração de pessoas. Serão contemplados 1.940 projetos, no valor de R$ 1,5 mil cada, de um montante de R$ 3 milhões investidos via FAC.

As atividades desenvolvidas estarão relacionadas aos seguintes setores culturais: Artes visuais; Audiovisual; Artesanato; Culturas Populares; Cultura Viva; Circo; Diversidade Linguística; Dança; Livro, Leitura e Literatura; Memória e Patrimônio; Museus; Música e Teatro. Os projetos que contemplem mais de um setor, desenvolvendo conteúdos integrados e/ou transversais, serão enquadrados na categoria Transversal.

Inscritos
As inscrições do edital encerraram dia 18 de junho. Os trabalhadores da cultura tiveram dez dias para inscreverem seus projetos. Foram 3.239 projetos inscritos, individuais ou coletivos, que irão gerar milhares de oportunidades de trabalho neste período de pandemia. Além disso, são projetos que estimulam novos formatos de criação e produção cultural, ampliando e visibilizando a diversidade e a pluralidade das expressões do Estado.