Acadêmicos em intercâmbio contam com suporte da Universidade Feevale | Universidade Feevale

Acadêmicos em intercâmbio contam com suporte da Universidade Feevale

Instituição promove uma série de ações aos intercambistas, como monitoramento remoto, suporte nas atividades, apoio psicológico e auxílio no deslocamento

09/04/2020 - Atualizado 11h28min

Matheus

Durante a pandemia de Coronavírus, a Universidade Feevale vem trabalhando com o constante monitoramento e suporte, tanto aos acadêmicos estrangeiros que estão neste semestre na Instituição, quanto aos estudantes que estão no exterior. Atualmente, há alunos do México e Holanda estudando no Brasil, e acadêmicos da Feevale no Canadá, Dinamarca, Finlândia, México e Portugal. Eles contam com apoio psicológico, por meio do Centro de Psicologia, bem como suporte em suas atividades, na articulação com a coordenação dos cursos e deslocamentos (no caso dos que estão no exterior), entre outras medidas.

Os estudantes que retornam para a Feevale neste momento contam, ainda, com acompanhamento e integração em atividades como matrículas on-line, orientação com coordenadores e articulação com setores como Registro Acadêmico e Financeiro. Outra frente de apoio é a finalização do processo de inscrição no programa de bolsa de estudos Emerging Leaders in the Americas Program (Elap), em parceria com universidades canadenses (graduação: Concordia University of Edmonton e Université du Québec à Trois-Rivières; e pós-graduação: Brock University e University of Calgary). Outros programas de bolsas de estudos, como Santander, Erasmus e IBS Americas - International Business School, estão tendo as datas reprogramadas.

Paula Cundari, diretora de Relações Internacionais e Institucionais da Universidade, lembra que as instituições estão em permanente contato com as Autoridades de Saúde em relação à situação da Covid-19, e que, felizmente, não há, até o momento, registro de casos de contágio nestas universidades. Mesmo assim, são reforçadas as recomendações que devem ser seguidas. “Os acadêmicos, neste momento, podem ficar tranquilos e precisam cuidar de si, atentando para a alimentação e o isolamento. Eles não devem ficar preocupados com as questões acadêmicas, pois não serão prejudicados, visto que estas estão sendo ajustadas para a modalidade digital e os cronogramas, revistos”, afirma. Nesse sentido, os gabinetes de relações internacionais estarão em contato constante com os acadêmicos, sendo que as questões relativas às disciplinas do semestre serão devidamente ajustadas.

Acadêmico do curso de Engenharia Civil da Feevale, Matheus Schmitt (na foto à esquerda em videoconferência com Simone Blume Vidal, analista da DRII) está, neste semestre, na cidade de León, México, para um intercâmbio na Universidad De La Salle Bajío. Embora reconheça toda importância da situação da pandemia de Covid-19, ele acredita que seu intercâmbio não está sendo prejudicado.

Não está afetando a minha experiência, na verdade estou aprendendo a me virar de qualquer maneira”, explica.