Pró-reitor participa de projeto de pesquisa e conferência em Portugal | Universidade Feevale

Pró-reitor participa de projeto de pesquisa e conferência em Portugal

30/08/2019 - Atualizado 09h13min

João

João Sganderla Figueiredo é líder do grupo Ambiente e Sociedade e colaborará no projeto Risk AquaSoil

Uma intensa agenda aguarda o pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão da Universidade Feevale, João Sganderla Figueiredo, em Portugal, na próxima semana. De 2 a 8 de setembro, Figueiredo, que é pesquisador, participará da conferência Citizens' Commitment in Risk Governance: From Inaction to Co-Decision, ministrará uma palestra e colaborará em um projeto de pesquisa na Universidade de Coimbra.

Figueiredo participará do projeto de pesquisa Risk AquaSoil, liderado pelo professor Alexandre Tavares, da instituição portuguesa. O estudo pretende desenvolver um plano de gestão de riscos no solo e na água adequado para promover a resiliência nas áreas rurais do Atlântico. O projeto contribuirá para uma melhor ação de coordenação na detecção, gestão e reabilitação das zonas rurais (áreas marítimas e continentais), especialmente com objetivos agrícolas, associados aos riscos naturais, climáticos e humanos.

Dentre as atividades do grupo de pesquisa, o pró-reitor ministrará palestras com o assunto Risco em comunidades com vulnerabilidade socioambiental, na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Também participará da conferencia Citizens' Commitment in Risk Governance: From Inaction to Co-Decision, como co-autor, junto aos professores Neide Areia e Alexandre Tavares, da palestra European environment experts confronting a post climate-hazard scenario. Towards the construction of an innovative narrative for climate change.

De acordo com Sganderla, será uma semana intensa de atividades, em que se buscará ampliar as técnicas e métodos de pesquisa ligados às questões dos riscos ambientais na Instituição.

É um grande orgulho ser convidado por um dos maiores laboratórios de risco do mundo, em Coimbra. Destaco, aqui, as atividades feitas pelo nosso grupo de pesquisa, Ambiente e Sociedade, que com afinco tem desenvolvido um trabalho exemplar; agora já, de reconhecimento internacional”, comemora.