Feevale desenvolve jogo de capacitação para o diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil | Universidade Feevale

Feevale desenvolve jogo de capacitação para o diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil

28/09/2020 - Atualizado 16h46min

jogo educa saúde

Gratuito e voltado para professores e profissionais de saúde e de associações, o game Educa+Saúde já está disponível para download

Neste Setembro Dourado, mês dedicado à sensibilização quanto ao câncer infantojuvenil, a Universidade Feevale lançou o Jogo Educa+Saúde, fruto de um projeto que contou com a parceria da Universidade do Estado da Bahia (Uneb/BA), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict) /RJ. Voltado para disseminar conhecimentos sobre o diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil nos níveis primário e secundário, o trabalho Jogos e saúde - Desenvolvimento de um jogo digital multimodal para capacitação em diagnóstico precoce e cuidado do câncer infantojuvenil integra o Programa Pesquisa Para o SUS: gestão compartilhada em saúde (PPSUS), com fomento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs).

O projeto foi desenvolvido, sob coordenação da professora Débora Barbosa, por meio do Programa de Pós-graduação em Diversidade Cultural e Inclusão Social e do Mestrado Profissional em Indústria Criativa, no Laboratório de Objetos de Aprendizagem da Feevale. “O jogo foi acompanhado por uma comissão de juízes, com formação nas áreas de Educação, Psicologia, Pediatria e Oncopediatria, a fim avaliá-lo quanto à sua concepção e conteúdo, além de estabelecer um feedback contínuo, subsidiando o processo de desenvolvimento antes da conclusão do processo de produção”, explica a pesquisadora.

Desta forma, foi desenvolvido o Educa+Saúde, um jogo multiplataforma que pode ser jogado em celulares com sistema Android e em computadores conectados à internet. O game tem como foco a formação de profissionais de saúde, professores de escolas públicas e de classes hospitalares, além de associações de assistência à criança e ao adolescente com câncer. Débora explica que o game produzido foi aplicado junto aos profissionais da rede municipal de saúde de Novo Hamburgo, aos professores de escolas públicas da região do Vale do Rio dos Sinos, a professores das classes hospitalares da região de Salvador (BA) e aos profissionais da AMO Criança.

Esta última instituição – a AMO Criança Novo Hamburgo – tem sido parceira da Feevale em projetos de pesquisa, ensino e extensão, e dessa convivência surgiu a ideia de um game para divulgar os sinais do câncer infantojuvenil. “Sem a parceria com a Universidade não conseguiríamos. Não teríamos nem planejado e muito menos construído o jogo. Além do conhecimento, a convivência do acadêmico dentro da instituição proporciona aos nossos pacientes uma nova visão de mundo, amplia os horizontes deles, fazendo com que comecem a sonhar com um futuro até então desconhecido. Para a AMO Criança, a parceria com a Feevale significa qualificar os nossos serviços, oferecer condições de aprimoramento ao acadêmico e proporcionar expectativa de futuro às crianças e adolescentes atendidos”, afirma Carla Rosana da Silva, gerente Administrativa da AMO Criança.

Saiba mais

Com a narrativa no formato de história visual, o jogo passa por duas jornadas distintas, cada uma relacionada aos dois tipos de câncer infantil mais frequentes no Brasil: leucemia e sistema nervoso central, respectivamente. O jogador acompanha, na primeira jornada, o dia a dia de uma escola e de profissionais da saúde como Agentes Comunitários de Saúde e médicos de Unidades Básicas de Saúde, e na segunda jornada, acompanha os profissionais de saúde e o cotidiano de uma família que tem uma criança acometida de câncer no sistema nervoso central. O jogo propõe que o jogador se conscientize dos sinais relacionados ao câncer infantil, por meio de situações nas quais deve escolher qual seria o caminho a seguir para lidar com os fatos, de forma a compreender como essa doença se manifesta na convivência.

O jogo pode ser baixado gratuitamente. Veja o vídeo e, abaixo, mais informações: