Feevale desenvolve jogo de capacitação para o diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil | Universidade Feevale

Feevale desenvolve jogo de capacitação para o diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil

28/09/2020 - Atualizado 16h46min

jogo educa saúde

Gratuito e voltado para professores e profissionais de saúde e de associações, o game Educa+Saúde já está disponível para download

Neste Setembro Dourado, mês dedicado à sensibilização quanto ao câncer infantojuvenil, a Universidade Feevale lançou o Jogo Educa+Saúde, fruto de um projeto que contou com a parceria da Universidade do Estado da Bahia (Uneb/BA), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict) /RJ. Voltado para disseminar conhecimentos sobre o diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil nos níveis primário e secundário, o trabalho Jogos e saúde - Desenvolvimento de um jogo digital multimodal para capacitação em diagnóstico precoce e cuidado do câncer infantojuvenil integra o Programa Pesquisa Para o SUS: gestão compartilhada em saúde (PPSUS), com fomento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs).

O projeto foi desenvolvido, sob coordenação da professora Débora Barbosa, por meio do Programa de Pós-graduação em Diversidade Cultural e Inclusão Social e do Mestrado Profissional em Indústria Criativa, no Laboratório de Objetos de Aprendizagem da Feevale. “O jogo foi acompanhado por uma comissão de juízes, com formação nas áreas de Educação, Psicologia, Pediatria e Oncopediatria, a fim avaliá-lo quanto à sua concepção e conteúdo, além de estabelecer um feedback contínuo, subsidiando o processo de desenvolvimento antes da conclusão do processo de produção”, explica a pesquisadora.

Desta forma, foi desenvolvido o Educa+Saúde, um jogo multiplataforma que pode ser jogado em celulares com sistema Android e em computadores conectados à internet. O game tem como foco a formação de profissionais de saúde, professores de escolas públicas e de classes hospitalares, além de associações de assistência à criança e ao adolescente com câncer. Débora explica que o game produzido foi aplicado junto aos profissionais da rede municipal de saúde de Novo Hamburgo, aos professores de escolas públicas da região do Vale do Rio dos Sinos, a professores das classes hospitalares da região de Salvador (BA) e aos profissionais da AMO Criança.

Esta última instituição – a AMO Criança Novo Hamburgo – tem sido parceira da Feevale em projetos de pesquisa, ensino e extensão, e dessa convivência surgiu a ideia de um game para divulgar os sinais do câncer infantojuvenil. “Sem a parceria com a Universidade não conseguiríamos. Não teríamos nem planejado e muito menos construído o jogo. Além do conhecimento, a convivência do acadêmico dentro da instituição proporciona aos nossos pacientes uma nova visão de mundo, amplia os horizontes deles, fazendo com que comecem a sonhar com um futuro até então desconhecido. Para a AMO Criança, a parceria com a Feevale significa qualificar os nossos serviços, oferecer condições de aprimoramento ao acadêmico e proporcionar expectativa de futuro às crianças e adolescentes atendidos”, afirma Carla Rosana da Silva, gerente Administrativa da AMO Criança.

Saiba mais

Com a narrativa no formato de história visual, o jogo passa por duas jornadas distintas, cada uma relacionada aos dois tipos de câncer infantil mais frequentes no Brasil: leucemia e sistema nervoso central, respectivamente. O jogador acompanha, na primeira jornada, o dia a dia de uma escola e de profissionais da saúde como Agentes Comunitários de Saúde e médicos de Unidades Básicas de Saúde, e na segunda jornada, acompanha os profissionais de saúde e o cotidiano de uma família que tem uma criança acometida de câncer no sistema nervoso central. O jogo propõe que o jogador se conscientize dos sinais relacionados ao câncer infantil, por meio de situações nas quais deve escolher qual seria o caminho a seguir para lidar com os fatos, de forma a compreender como essa doença se manifesta na convivência.

O jogo pode ser baixado gratuitamente. Veja o vídeo e, abaixo, mais informações:


 

Atendimento Feevale

Câmpus I

De segunda a sexta-feira, das 7h15min às 22h15min.

Câmpus II

De segunda a sexta-feira, das 8h às 22h15min.
Aos sábados, das 8h às 12h.

Câmpus III

De segunda a sexta-feira, das 9h15min às 11h30min e das 12h30min às 18h.

Retornaremos o seu contato no prazo máximo de 72 horas úteis, a contar do momento de conhecimento do contato, podendo este ser ampliado em situações mais complexas.

Atendimento Feevale

Os atendimentos presenciais realizados no setor Atendimento Feevale de ambos os câmpus podem ser agendados.

Localização: sala 207 – 2º andar
Horário: de segunda a sexta-feira, das 7h15min às 22h15min.
Localização: sala 101 – térreo do prédio Lilás.
Segunda a sexta-feira, das 8h às 22h15min.
Aos sábados, das 8h às 12h.
Localização: sala 003 - pavimento 0 do prédio Sede.
Segunda a sexta-feira, das 9h15min às 11h30min e das 12h30min às 18h.
Verifique os demais setores que disponibilizam o atendimento agendado.