Desafio Herval premia estudantes | Universidade Feevale

Desafio Herval premia estudantes

12/07/2019 - Atualizado 16h55min

Com a apresentação de projetos na noite desta quinta-feira, 11, no Câmpus II da Universidade Feevale, chegou ao fim o Desafio Herval – Design de Produto. Integrante do Programa de Inovação Aberta da Universidade Feevale, o desafio buscou, por meio da aproximação universidade e indústria, reunir talentos para o desenvolvimento de novos produtos para a marca Herval.

Dividido em duas categorias – Móveis de Madeira (sala de jantar; sala de estar e complementos) e Estofados (sofás e poltronas) –, o desafio teve o intuito de ser um espaço de apresentação de talentos. Puderam participar pessoas físicas ou jurídicas, com ou sem vínculo empregatício com o Grupo Herval, preferencialmente alunos e egressos da Universidade Feevale, nas áreas de Arquitetura, Design, Design de Interiores, Moda, Indústria Criativa, Publicidade e Propaganda e afins.

O primeiro colocado recebeu como prêmio R$ 1.000,00 e uma viagem para a Feira Brasileira de Móveis e Acessórios da Alta Decoração (Abimad), que acontece anualmente em São Paulo (SP). Já o segundo lugar recebeu R$ 1.000,00. Além disso, foram selecionados sete estudantes para integrarem o banco de projetos da Herval, por um período de até 12 meses. Caso algum desses projetos seja selecionado para prototipagem, haverá uma contrapartida adicional da empresa.

Segundo o coordenador de Desenvolvimento de Produtos do Grupo Herval, Rafael Reis, o desafio voltado ao design de mobiliário foi pensado para aproximar a indústria da Universidade, possibilitando aos acadêmicos vivenciarem um caso real de criação de produto a partir de algumas características específicas lançadas no briefing. “O desafio foi elaborado pela Herval para atender às necessidades de um consumidor cada vez mais exigente, que busca produtos que oferecem mais do que qualidade, beleza e conforto, mas também praticidade e facilidades para o dia a dia”, afirma, acrescentando que o desafio fortalece ainda mais a parceria de muitos anos e várias ações entre a Herval e a Feevale e os projetos recebidos deixaram a empresa bastante otimista para implantar novas edições.

O gestor comercial do Grupo Herval, Sandro Land, diz ter ficado extremamente entusiasmado com o profissionalismo e a dedicação de todos os envolvidos no Desafio Herval. “Recebemos projetos muito bem elaborados, de bom gosto e que atendem ao briefing passado. Foi uma experiência maravilhosa ver o brilho no olhar dos acadêmicos, um certo nervosismo, mas muita alegria na apresentação dos seus projetos. O objetivo foi alcançado. Que seja a primeira de várias outras ações neste viés”, destaca.

A diretora de Inovação da Universidade Feevale, Daiana de Leonço Monzon, explica que o Programa de Inovação Aberta foi criado para que as empresas pudessem expor os seus gargalos e para que os alunos pudessem pensar em soluções para estes. “O grande ganho para os acadêmicos é o networking, a oportunidade de conhecer diferentes pessoas, a troca de experiências com mentores, a formação de um perfil empreendedor, a visibilidade e a possibilidade de viabilizar startups e spin-offs”, afirma. Para ela, é extremamente importante contar com empresas que possam apresentar problemas reais, para que os alunos possam pensar em soluções reais. “Esse desafio foi importante para que os estudantes pudessem conhecer melhor o Grupo Herval e fazer um produto assertivo, que poderá ser fabricado pela empresa. São projetos que vão ser tirados do papel, então é um reconhecimento para o acadêmico”, enfatiza.

                                                   

Confira quem são os vencedores:

1º lugar: Ricardo Lopes Franco

2º lugar: Ethiane Lucas Martins

3º lugar: Tiago Filipe Zimmermann


Selecionados para o banco de projetos: Alessandra Benemann Barreto, Aline Saldanha de Melo, Carine Morellato Pereira, Joseane Liziardi Gubiani, Rafael Prates de Oliveira, Thaís Casagrande Secco e Tiago Filipe Zimmermann                                                          

 

Sobre o Programa de Inovação Aberta


O Programa de Inovação Aberta da Universidade Feevale tem por objetivo desenvolver condições para o surgimento de startups e spin-offs, impulsionando a comunidade acadêmica e a sociedade a criarem a sinergia necessária para o desenvolvimento de projetos voltados a soluções inteligentes para problemas reais da Universidade Feevale, de empresas instaladas no Feevale Techpark e organizações da região.

A inovação aberta pode ser descrita como um processo de inovação em que as organizações promovem ideias, pensamentos, processos e pesquisas abertos, buscando melhorias no desenvolvimento de produtos e serviços. Nesses processos, combinam-se ideias internas e externas, de forma a avançar no desenvolvimento de novas tecnologias em produtos, processos ou serviços.