Bolsista de pós-doutorado inicia pesquisa sobre extração de resíduos plásticos do solo | Universidade Feevale

Bolsista de pós-doutorado inicia pesquisa sobre extração de resíduos plásticos do solo

17/12/2019 - Atualizado 11h37min

Bruno e Vanusca

Projeto realizado na Universidade Feevale é vinculado ao Programa Nacional de Pós-doutorado da Capes

O português Bruno Miguel Garcia Barbosa inicia na Universidade Feevale, neste mês, seu projeto de pesquisa como bolsista do Programa Nacional de Pós-doutorado – PNPD da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Orientado pela pesquisadora Vanusca Dalosto Jahno, Barbosa desenvolverá o estudo Fitorremediação de solos contaminados com micro e nanoplásticos utilizando a cultura Lolium perenne, no âmbito do programa de pós-graduação (PPG) em Qualidade Ambiental da Instituição.

Garcia, que mora há cinco anos no Brasil, conta que a expectativa é continuar, no pós-doutorado, as investigações que conduziu já em seu mestrado e doutorado. A professora Vanusca explica que a pesquisa trata da fitorremediação por microplásticos, ou seja, desenvolverá formas de extrair os pequenos pedaços de plásticos do solo (provenientes de poluentes) por meio da planta Lolium perenne.

Sobre o Programa Nacional de Pós-doutorado – PNPD

A bolsa do PNPD é concedida pela Capes, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão (Proppex) da Instituição. O estágio pós-doutoral tem o objetivo de agregar um pesquisador ao PPG em Qualidade Ambiental, a fim de promover estudos de alto nível. A bolsa contempla a área de concentração Qualidade Ambiental e, especificamente, as linhas de pesquisa Diagnóstico Ambiental Integrado e Tecnologias e Intervenção Ambiental. Mais informações podem ser obtidas no site.