Unimed VS realizará hackathon na Universidade Feevale | Universidade Feevale

Unimed VS realizará hackathon na Universidade Feevale

09/08/2019 - Atualizado 17h09min

Atividades também acontecerão no Hub One

Atividade fará parte de quatro módulos de capacitação interna que a Cooperativa realizará no Campus II

A partir da próxima semana, o Câmpus II da Universidade Feevale sediará o programa de capacitação interno da Unimed VS, o Coonect – Cocriando profissionais do futuro. A atividade visa trabalhar o intraempreendedorismo dos funcionários da cooperativa. A atividade, que terá quatro meses de duração, começa dia 13 de agosto, no Espaço Cosmos, e segue até o dia 9 de novembro, em diversos laboratórios da Instituição e do Hub One de Criatividade e Inovação.

O evento será realizado em três módulos teóricos/práticos, com seis encontros, mais o último módulo final. Os três primeiros módulos abordarão autoconhecimento, ambientes de inovação e ferramentas criativas. Já a etapa final consiste em uma edição do Startup Plus, iniciativa da Diretoria de Inovação da Universidade, na forma de hackathon, uma mistura de maratona com “hackeamento” para propor novos negócios, durante três dias seguidos de atividades. Ao final, os funcionários deverão apresentar projetos de novos negócios para uma banca, composta pela diretoria da Unimed VS.

O evento contará com participação de palestrantes internos e professores mentores da Universidade Feevale. Para João Rocha, coordenador da área de Gestão da Inovação (GI) da Unimed, a aproximação com o universo acadêmico profissionaliza o evento. “Precisamos estar conectados com o ecossistema de inovação. O Coonect é isso, uma conexão de pessoas com conteúdo, da teoria com a prática, do passado com o futuro”, afirma.

O Coonect faz parte da programação de treinamentos das áreas de Gestão de Pessoas (GP) e Gestão da Inovação (GI). No total, serão 55 funcionários capacitados, oriundos das mais diversas áreas. Segundo Sirlene Schneider Vale, coordenadora da área de GP, o Coonect é uma formação intraempreendedora e alinhada às práticas de inovação das grandes empresas, que buscam desenvolver uma educação organizacional mais lúdica e prática. “Somos desafiados a cada dia a resolver os problemas de formas diferentes, precisamos de ambientes inovadores como esse para literalmente sair do processo e da nossa caixa diária”, afirma.