Feevale premia software voltado ao diagnóstico de Alzheimer | Universidade Feevale

Feevale premia software voltado ao diagnóstico de Alzheimer

04/11/2019 - Atualizado 17h59min

Crédito: Vinicius Hans/Mostratec Crédito: Vinicius Hans/Mostratec

Thomás Speggiorin Linck venceu o Prêmio Talentos Inovadores Feevale na Mostratec

A Universidade Feevale foi novamente uma das instituições de ensino superior com maior participação na maior feira de jovens cientistas da América Latina. Entre as mais diversas ações desenvolvidas pela Feevale durante a 34ª Mostra Brasileira de Ciência e Tecnologia, Mostratec, está o Prêmio Talentos Inovadores Feevale. Em 2019, o aluno premiado foi Thomás Speggiorin Linck, que teve orientação do professor Marco César Sauer, para o desenvolvimento do projeto Análise computacional de biomarcadores do mal de Alzheimer¸ que possui o objetivo de auxiliar a detectar a doença, com precisão no diagnóstico. O estudante da Fundação Liberato Salzano Vieira da Cunha diz que foi motivado a realizar o trabalho devido ao fato de sua avó estar desenvolvendo o mal de Alzheimer.

A cura para a doença não foi encontrada ainda, por dois motivos: falta de pesquisa na área e falta de métodos diagnósticos precisos, seguros e precoces. Por isso, embora eu não pudesse atuar para encontrar a cura, eu poderia trabalhar para auxiliar em um diagnóstico mais eficiente e foi isso que tentei desenvolver com esse projeto”, revela.

A análise computacional de biomarcadores do mal de Alzheimer é um software que possui uma interface gráfica, onde o médico preenche os campos do aplicativo com os dados extraídos da Tomografia de Coerência Óptica (OCT), um exame capaz de ver detalhadamente, em três dimensões, a retina e o nervo óptico. Posteriormente, os dados são analisados no software através de um sistema neural artificial que mostra, ao médico, qual a provável degeneração cognitiva do paciente.

Assim, é possível comparar esse paciente com indivíduos saudáveis, de mesma idade, para que o médico tenha mais elementos de suporte ao diagnóstico”, explica.

Para comprovar a eficácia do método, Linck realizou testes, utilizando um banco de dados de amostras de estudos médicos já realizados na área. Neles, já havia a informação do exame ocular e cognitivo do paciente, assim como se o paciente possuía ou não Alzheimer. Os resultados obtidos com os testes mostram 80% de acerto com a utilização do software.

O Prêmio Talentos Inovadores Feevale foi entregue ao estudante pelo coordenador do Feevale Techpark, Gustavo Piardi dos Santos, na cerimônia de premiação da Mostratec, no Teatro Feevale. Para o estudante, a premiação é motivo de orgulho.

É o reconhecimento do trabalho realizado e o início de um novo ciclo, com novos desafios e oportunidades. Espero poder crescer e aprender muito nessa nova etapa, bem como melhorar o projeto para que esse possa trazer um impacto na sociedade”, projeta.

Conforme o diretor do Instituto de Ciências Criativas e Tecnológicas (ICCT) da Universidade Feevale, João Batista Mossmann, esta ação promovida pela Instituição, em parceria com a Liberato, é muito importante, pois estimula a criatividade do estudante, o seu senso crítico e a sua capacidade de análise e de decisão.

Estamos dando ao aluno a oportunidade de continuar a sua caminhada estudando na Feevale. Ao mesmo tempo que a Universidade estimula esse aluno a continuar a sua carreira acadêmica, faz com que ele possa transformar o seu projeto em negócio, utilizando todo o ecossistema de inovação da Feevale”, afirma.

Com o trabalho escolhido, Linck ganhou uma bolsa de estudos integral em um dos cursos de graduação oferecidos pela Instituição. Além disso, o seu projeto terá seis meses de incubação na Incubadora Tecnológica da Feevale, visando ao desenvolvimento do seu projeto durante a graduação na Universidade Feevale, tendo acesso a um ambiente de trabalho colaborativo localizado no Feevale Techpark, em Novo Hamburgo (Hub One de Criatividade e Inovação) ou em Campo Bom. O seu orientador tem o direito a uma bolsa de 50% em um dos cursos de especialização da Feevale.