Programação completa | Universidade Feevale

Programação

Dia 03 de outubro (quinta-feira)

OFICINAS


  • 09h15min às 12h

DESMISTIFICANDO A DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NAS EMPRESAS: CONCEITOS E PRÁTICAS
Ministrante: Patrícia Ignácio Crestani
Local: Sala 006, prédio Vermelho
Este workshop trará cases de sucesso de inclusão de pessoas com Deficiência Intelectual (DI) em empresas, abordando os seguintes assuntos:
  • Aspectos legais (Lei 8.212/91) para a inclusão de pessoas com deficiência nas empresas;
  • Definições e conceitos sobre Deficiência Intelectual;
  •  Educação e desenvolvimento de pessoas com deficiência intelectual;
  • Apresentação de cases de inclusão de PCDs em empresas;
  • Práticas para a contratação e a gestão de pessoas com Deficiência Intelectual no trabalho.

  • 14h às 16h45min

RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NA ESCOLA

Ministrante: Jéferson Luis Staudt
Local: Sala 005, prédio Vermelho
O Workshop oferece subsídio teórico/prático para a educação das relações étnico-raciais na escola. Para tanto, propõe o estudo de casos baseados em situações vivenciadas no contexto escolar. Por meio dessa ferramenta de ensino, objetiva potencializar conceitos e estratégias de intervenção substanciais à construção de relações étnico-raciais positivas na e pela escola.

  • 14h às 16h45min

SENTIRE: SENTIDO E ESCUTA, SOCIEDADE E SUAS VOZES
Ministrantes: Denise Blanco Sant'Anna e Éderson Cabral
Local: Sala 006, prédio Vermelho
Esta é uma proposta de experiência estética derivada das reflexões e dos trabalhos do Grupo de Estudo da Escuta (Universidade de Stanford, Universidade de Princeton, Universidade de São Paulo e Universidade Feevale), liderados por Marília Librandi e Sergio Bairon, do qual os proponentes são membros. Neste trabalho, aporta-se na escuta da linguagem, linha de pesquisa 
dentro da Escrita de ouvido, que propõe explorar novas formas para a apresentação de pesquisas, englobando a produção de texturas sonoras, como novas formas de inserção da expressividade e de partilha do conhecimento. Ao explorar o verbo sentire, da língua italiana, que significa escutar, e que na língua portuguesa assemelha-se ao verbo sentir, conjuga-se nesse jogo linguística uma mescla de sensações e de modos de aquisição de conhecimento, proporcionado por esse falso amigo, que traz a possibilidade de sentir o texto pela escuta por meio de texturas sonoras. Esse trabalho não é uma oficina, tampouco um workshop, mas uma experiência estética oferecida aos participantes do evento, os quais se depararão com mensagens acústicas e composições críticas aurais, elaboradas a partir de depoimentos, relatos, textemunhos em uma trama artística, em uma projeção sonora em um ambiente adaptado para a intervenção. As texturas sonoras temáticas elaboram, a partir de fragmentos de discursos de preconceito, de discriminação, de desigualdade, de governos autoritários, de resistência, de direitos humanos, de minorias, de espaço plural/democrático, de violência, de silenciamento, de segregados e de segregações, de democracia contemporânea, um produto estético, que visa a produção e divulgação de materiais acadêmicos em formatos distintos.

  • 14h às 16h45min

MÍDIAS DIGITAIS PARA O MERCADO DAS ARTES
Ministrantes: Lucas Pereira da Rosa e Camila Melo Ferrareli
Local: Sala 007, prédio Vermelho
A atividade se baseia em apresentar um panorama de como as mídias sociais se comportam atualmente e qual é a necessidade que o artista tem em estar presente nesse espaço, abrangendo questões de visibilidade e relevância. Após a apresentação desse contexto serão apontadas as questões técnicas e os principais parâmetros das ferramentas de redes sociais mais utilizadas por artistas.

  • 16h45min às 19h

VIVER A ARTE
Ministrante: Débora Wissmann
Local: Sala 003, prédio Vermelho
Será apresentado um vídeo documentário que foi produzido na disciplina de Indústrias Culturais e Mercado Artístico Contemporâneo. Nele, entrevistamos artistas da região, bem como um gestor, para podermos entender como é viver de arte e como é este mercado, que muitas vezes não é valorizado. Após a mostra do vídeo, faremos uma explanação sobre a arte e a indústria criativa. Contaremos com artistas convidados, que farão um bate-papo com os participantes da oficina, contando um pouco de como é viver a arte.

  • 16h45min às 19h

DE PASSAGEM PELA ALEMANHA
Ministrante: Gabriela Hoffmann Lopes
Local: Sala 013, prédio Vermelho
Esta oficina se volta para interessados com pouco ou nenhum conhecimento prévio de língua alemã que tenham vontade de se familiarizar com seus sons, sua história e sua cultura.

  • 16h45min às 19h

MEDIAÇÃO DE LEITURA PARA CRIANÇAS AUTISTAS
Ministrante: Viviane Cristina de Mattos Battistello
Local: Sala 009, prédio Vermelho
A oficina é uma proposta de prática de leitura mediada para professores, pais/familiares e terapeutas/especialistas de criança com Transtorno do Espectro Autista (TEA), utilizando um programa de adaptação de leitura, com objetivo de promover o desenvolvimento do letramento emergente, despertando o interesse para a leitura e a escrita, imprescindível para a aquisição e desenvolvimento das habilidades e competências necessárias para a alfabetização formal.


MESA REDONDA

O universo da arte pelo viés da pesquisa e do trabalho
Horário: 19h30min          
Local: Auditório do prédio Multicolor
Convidados: Dr.ª Alexandra Kloeckner Eckert Nunes e Dr.ª Laura Marcela Ribero Rueda
Mediador: Dr. Daniel Conte

Dia 04 de outubro (sexta-feira)

  • 09h15min às 12h

PROMOVENDO A INCLUSÃO: DINÂMICAS E ATIVIDADES INCLUSIVAS
Ministrantes: Rejane Bonadimann Minuzzi e Carolina Antunes
Local: Sala 003, prédio Vermelho
A oficina tem como objetivo proporcionar aos participantes o desenvolvimento criativo, e instrumentaliza-los com a teoria e a prática para trabalhar com pessoas com deficiência intelectual e múltipla, apresentando técnicas e dinâmicas para as atividades inclusivas, a fim de promover a qualidade de vida. Público alvo: Estudantes de Educação física, Pedagogia e Psicologia.

  • 14h às 16h45min

ROTEIROS DE LEITURA
Ministrantes: Mara Nelise Ferreira Corrêa, Jéssica Maís Antunes, Ingrid Teixeira da Silveira e Greice Gomes Cardoso
Local: Sala 003, prédio Vermelho
A presente oficina será realizada em dois momentos: o primeiro momento será demonstrada a importância da leitura na formação do sujeito. Após, faremos a explicação sobre como são realizados os roteiros de leitura de estudiosos da área, como Juracy Assmann e Ernani Mügge, em seguida iremos distribuir livros e contos infantis de narrativas curtas para que os participantes escolham e realizem a leitura. E, por fim, auxiliaremos, individualmente, os participantes na construção dos seus projetos de leitura do texto literário, com base no texto lido. 
No segundo, abordaremos como trabalhar roteiro de leitura de forma lúdica tanto para educação infantil como para séries iniciais. Pois, contar histórias é uma arte. Seu valor é marcante na vida de uma criança, especialmente por meio de atividades lúdicas. Dessa forma, a partir da leitura do livro “Telefone sem fio”, buscar atrair atenção da criança por meio de um processo prazeroso, cuja atividade será a prática na construção de alguns elementos que fazem parte da história do livro.

  • 14h às 16h45min

EXPOSIÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE BORDADOS DO GRUPO TECENDO MEMÓRIAS E STICKKRÄNZCHEN
Ministrantes: Silvane Inês Heck e Vera Regina Koch Schneider
Local: Sala 013, prédio Vermelho
Haverá a exposição de bordados da Associação das Bordadeiras Tecendo Memórias, de Ivoti. O grupo surgiu no ano de 2007, como projeto social, e hoje é um grupo de bordado independente. As mulheres que integram a associação executam o antigo bordado de ponto livre, mantendo a tradição de bordar “wandschoner”, ou panos de parede, um saber-fazer manual e intangível legado dos primeiros imigrantes alemães que se instalaram na localidade e tido como um patrimônio cultural imaterial na cidade de Ivoti. Durante a exposição, sempre haverá uma ministrante da oficina e uma bordadeira da associação na sala para explicar aos visitantes a história do grupo, o processo de confecção das peças e os significados dos bordados – especialmente dos “wandschoner”, que geralmente são bordados em língua alemã. O grupo Tecendo Memórias consiste em uma entidade que promove a inserção da mulher no contexto artístico. Suas integrantes têm entre 58 e 78 anos de idade, sendo responsáveis pela autogestão e organização do grupo, promovendo a monetização do seu trabalho.

  • 14h às 16h45min 

DESAFIOS JURÍDICOS-ANTROPOLÓGICOS DA DEMARCAÇÃO DE TERRAS QUILOMBOLAS NO BRASIL
Ministrante: Francine Nunes Ávila
Local: Sala 009, prédio Vermelho
A atividade busca debater acerca do regramento jurídico e administrativo relacionado à demarcação dos territórios dos povos originários, mais especificamente dos quilombolas, analisando também o contexto antropológico, sobretudo o acesso e celeridade dos processos, a efetivação das titulações e a necessidade de pensar alternativas de acesso e implementação das políticas públicas com base em um pensar decolonial.

  • 16h45min às 19h
OFICINA DE BORDADOS DO GRUPO TECENDO MEMÓRIAS E STICKKRÄNZCHEN
Ministrantes: Silvane Inês Heck e Vera Regina Koch Schneider
Local: Sala 013, prédio Vermelho
Na mesma sala da exposição, será feito um Stickkränzchen, ou seja, uma roda de bordado. Neste momento, quem já sabe bordar poderá se reunir ao grupo para trocar ideias e experiências, além disso, será ministrada uma oficina de bordado para iniciantes que desejam conhecer a prática. No Stickkränzchen os participantes se reúnem para bordar e trocar saberes, assim, um participante pode ensinar ao outro um ponto desconhecido, compartilhando o conhecimento. Na oficina de bordado para iniciantes será distribuído um risco em comum para todos(as) os(as) inscritos(as) e serão ensinados os seguintes pontos: nó invisível, nó francês, ponto haste, ponto corrente e ponto margarida. Será disponibilizado tecido riscado, agulhas, tesoura e linhas. Para o Stickkränzchen também será oferecido chimarrão e bolachas, consolidando o objetivo de interação e integração social visado por uma tradicional uma roda de bordado.

  • 16h45min às 19h
ELABORAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS
Ministrantes: Luciane Iwanczuk Steigleder e Lucimar José Dapper
Local: Sala 003, prédio Vermelho
O workshop apresentará o conceito de projetos sociais e suas etapas de construção, com intuito de qualificar o desenvolvimento de ações voltadas à transformação de problemáticas sociais. Tem o intuito de instrumentalizar os participantes para o planejamento de projetos, buscando maior assertividade para captação de recursos, efetividade no seu propósito e profissionalização das ações.

  • 16h45min às 19h

DA BALBÚRDIA A ORQUESTRA
Ministrante: Marcelo Marin
Local: Auditório Multicolor
Como o tema é "Balbúrdia" A organização rítmica e sonora inicia com uma grande balbúrdia, descompasso, desafinação etc... Com instrumentos de percussão como: afoxé, maracas, pandeiros, cowbell e outros e utilizando o violão como instrumento melódico e voz, fazer esta construção que inicia com a desorganização e algazarra buscando em torno de 45min trabalhar no aperfeiçoamento musical do grupo que lá estiver. O repertório será de Música Popular Brasileira, Gaúcha e Rock Nacional.


MESA REDONDA

A arte em seus diversos modos de manifestação
Horário: 19h30min          
Local: Auditório do prédio Multicolor
Convidados: André Cimi Hermann e Dr.ª Luciana Paludo
Mediadora: Dr.ª Saraí Patricia Schmidt

Observação: após a mesa, haverá a atividade de encerramento do VI Manifeste-se.

*programação sujeita a alterações sem aviso prévio.